Futuro: o mundo jamais voltará ao que era antes!



A guerra é invisível e devastadora, muito mais que a física da bomba atômica, a guerra por mascaras, respiradores, reagentes e ainda assim a população pobre necessita de medidas sociais (contrárias ou liberalismo econômico e globalização) rápidas e eficientes.

Perante o caos, a sociedade precisa de calma, de maturidade e de senso de responsabilidade. Governantes estão passando por enormes desafios e deveriam emitir mensagens coerentes, que deixem a população segura de que a tríade ciência, governo e sociedade estão trabalhando juntas contra um inimigo comum.

Quanto maior for o negócio, maior será a mudança. Pequenos e médios empreendedores sempre levaram a economia, e têm criatividade, resiliência e coragem de trilhar o caminho mais difícil. Temos que absorver o choque, nos recompormos e tratarmos de pensar em quem seremos depois deste evento sem precedentes. Não há mais espaço para discussões tolas que não nos levam a lugar algum. Existem compromissos que podemos assumir coletivamente: fale menos, ajude mais, não leve nada para o pessoal, reinvente-se rapidamente e ofereça ao mundo o melhor da sua própria versão. O resto é perda de tempo absoluta.

Guerras comerciais em tempos de pandemia, por quem pode mais, coloca exatamente o lugar de cada País e causam problemas transversais a Pandemia. Diplomacia! Na sobrevivência humana não existe, o meu povo é de primeiro mundo, o seu fica sem respirador. Desembarque de navios proibidos, cruzeiros sem cruzar o atlântico, realmente o mundo não será o mesmo.

O Novo Mundo que vivemos exige um novo processo, uma nova forma de atrair pessoas, e uma nova forma de alinhar seu propósito com os objetivos das pessoas que estão com você.

Nos reformulamos, somos hoje bombardeados de receitas para nos mantermos calmos, seremos, com a inteligência emocional equilibrada, mas ninguém nos ensinou em nossas vidas ao longo de nossas escolas. E agora a inteligência emocional vem a reboque como solução ao isolamento.

Vários status quo enraizados e paradigmas estão quebrados, a nova economia surge com colaboração, compartilhamento e muita resiliência.

Nunca se pediu tanto para nós pensarmos nas outras pessoas e no próximo – o isolamento -salva vidas e isolados protegeríamos o Mundo.

Muitos palpiteiros de plantão dão novos caminhos, novas receitas e o resgate da racionalidade ciência e aprovações empíricas são a salvação da humanidade.

O novo mundo nasceu! Conectado. Colaborativo. Compartilhado. Novas relações, Novas iterações, Novas interações surgirão.

O mundo jamais voltará ao que era antes!

8 visualizações

© 2020 Orgulhosamente feito por Atitude Empreendedora. Av. Dois Córregos, 1513 CNPJ 24.663.659/0001-96

Contato: +55 19 98987-9559